Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio Autores & Leitores

Área dos LEITORES

Autores Consagrados

Bibiotecas Virtuais

Colunistas

Livros

Novos autores

Quadrinhos

Sebos Virtuais

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Autores Consagrados

Biografia de autor consagrado


SHAKESPEARE

Por alinatomaz e Silvino



Foto de SHAKESPEARE

William Shakespeare

(23/04/1564 - U 23/04/1616)

 

BIOGRAFIA

 

Terceiro filho do casal John Shakespeare e Mary Arden, nasceu em Stratford-upon-Avon, uma pequena cidade localizada a 50 quilômetros de Londres. Não há registro de seu nascimento, mas apenas o de seu batismo ocorrido no dia 26 de abril de 1564. Na época, em face da alta mortalidade dos recém-nascidos, era costume batizar as crianças logo que nasciam, com dois ou três dias de vida. Assim, seu aniversário é tradicionalmente celebrado no dia 23, data em que também se comemora o dia de São Jorge, padroeiro da Inglaterra.

Shakespeare começou seus estudos na sua cidade natal e já demonstrava grande interesse pela literatura e pela escrita.

Neto de fazendeiros e filho de um próspero comerciante de couros, o autor gozou de uma vida rica até os 12 anos, a partir daí começou a sofrer decadência financeira por causa da falência do pai. Foi obrigado a trocar os estudos pelo trabalho árduo, passando a contribuir para o sustento da família. Guardava, entretanto, os conhecimentos adquiridos na escola elementar, na qual havia iniciado seus estudos de inglês, grego e latim. Além disso, continuou a ler autores clássicos, poemas, novelas e crônicas históricas.

Aos 18 anos, casou-se com a rica Anna Hathaway, oito anos mais velha, com quem teve três filhos. No ano de 1591, foi morar na cidade de Londres, em busca de oportunidades na área cultural. Lá teve vários empregos, o mais significativo foi guardador de cavalos em um teatro. Algum tempo depois, Shakespeare passou a copiar peças e representou alguns papeis. Mais tarde, virou sócio do teatro, depois de algum tempo, tornou-se dono do lugar.

Começou a escrever sua primeira peça, “Comédia dos Erros”, no ano de 1590 e a terminou quatro anos depois. Neste período, Shakespeare escreveu aproximadamente 150 sonetos.

No ano de 1594, entrou para a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain, que possuía um excelente teatro em Londres. Neste período, o contexto histórico favorecia o desenvolvimento cultural e artístico, pois a Inglaterra vivia os tempos de ouro sob o reinado da rainha Elizabeth I. O teatro deste período, conhecido como teatro elisabetano, foi de grande importância.

Embora seus sonetos sejam até hoje considerados os mais lindos de todos os tempos, foi na dramaturgia que ganhou destaque. Shakespeare escreveu tragédias, dramas históricos e comédias que marcam até os dias de hoje o cenário teatral.

É impossível estabelecer as datas exatas das obras de Shakespeare, mas pode-se classificá-las em quatro grandes grupos, que representam os períodos de sua vida, da juventude à velhice: As obras do primeiro período, até 1594, são marcadas por sonhos juvenis e pelo espírito exuberante; O segundo período, entre 1594 e 1600, foi o das grandes crônicas e comédias românticas; Depressão e tristeza marcam o terceiro período, entre 1600 e 1608. Não se sabe ao certo quais foram os motivos ou as desilusões que levaram o dramaturgo a sentir-se deprimido durante essa fase da vida. No quarto período, a tempestade abrigada no espírito de Shakespeare parece ter se desvanecido.

Os textos de Shakespeare fizeram e ainda fazem muito sucesso, pois tratam de temas próprios dos seres humanos, independente do tempo histórico. Amor, relacionamentos afetivos, sentimentos, questões sociais, temas políticos e outros assuntos relacionados à condição humana, são constantes nas obras deste escritor.

Desde o século XVIII, a crítica textual das obras muito se desenvolveu, publicando-se enfim as grandes edições “Variorium”, com todas as emendas e variantes conjecturais, além de muitas edições críticas (“Globe, Temple, Arden, New Shakespeare”). Por não terem sido preservados os originais manuscritos, haverá sempre margem de discussão sobre o estabelecimento do seu texto definitivo.

A sua poesia jamais se desliga da ação dramática. Seu teatro, porém, não é poético. O realismo insubornável do dramaturgo, que nunca recua quando necessário ante a grosseria, basta para demonstrá-lo. A linguagem de Shakespeare, rica e criadora, contém todos os elementos anglo-saxônicos e latinos da língua inglesa, que o poeta enriqueceu com um maior número de citações, locuções e frases proverbiais do que qualquer outro autor.

No ano de 1610, retornou para Stratford-upon-Avon, local onde escreveu sua última peça, “A Tempestade, terminada somente em 1613. Em 23 de abril de 1616, aos 52 anos, faleceu o maior dramaturgo de todos os tempos, de causa ainda não identificada pelos historiadores.

 

 

BIBLIOGRAFIA

 

            Comédia

Bem Está o que bem acaba

As You Like It

A Comédia dos Erros

Cimbeline
Trabalhos de amor perdidos

Medida por Medida

As Alegres Comadres de Windsor

O Mercador de Veneza

Sonho de uma noite de verão

Muito barulho por nada

Péricles

Taming of the Shrew

A Tempestade

Trólio e Créssida

Noite de Reis

Os dois cavalheiros de Verona

Conto de Inverno

            História

Henrique IV, part 1

Henrique IV, part 2

Henrique V

Henrique VI, part 1

Henrique VI, part 2

Henrique VI, part 3

Henrique VIII

Vida e morte do Rei João

Ricardo II

Ricardo III

            Tragédia

Antonio e Cleopatra

Coriolano

Hamlet

Júlio Cesar

Rei Lear

Macbeth

Otelo

Romeo e Julieta

Timão de Atenas

Tito Andrônico

            Poesia

Os Sonetos
A Lover's Complaint
O Rapto de Lucrecia
Venus e Adonis
Funeral Elegy by W.S

 

Links para as nossas fontes de pesquisa:

Arnaldo Poesia

Lendo.org

Obras de Shakespeare

Pensador INFO

William Shakespeare



Para ler as obras de Shakespeare, visite os links:

Domínio Público

 

Livros e afins (contém 22 peças do autor)

 

iG Ler



 



Copyright alinatomaz, Silvino © 2008
Todos os direitos reservados.




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2010
  • Todos os direitos reservados.