Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio Autores & Leitores

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de Silvino >


Autores e autoras: Uní-vos!



					    
Durante os últimos seis anos, após inúmeras e infrutíferas tentativas de divulgar um livro que, com recursos próprios e a duras penas, consegui publicar, tenho visto algo que muito me chamou a atenção: NÃO ESTOU SÓ! A constatação vai mais além, há milhares (provavelmente até passe da casa das dezenas de milhar) de autores e autoras que possuem em suas gavetas, histórias, poemas e todo o tipo de trabalho escrito, aguardando uma oportunidade para se tornar um bom livro e, até quem sabe, transformar-se em mais um “best-seller”, igual a esses tantos que vemos despontar nos noticiários, jornais e revistas. Nesta multidão de escritores e escritoras anônimos há muitos que não se contentam com essa passividade e vão à luta, buscando alternativas, cavando oportunidades, “forçando a barra” de todas as maneiras para se tornarem conhecidos. Esse ímpeto de querer mostrar seu trabalho é algo que “vem de dentro” e reside, acima de todas as razões, na vontade de ser reconhecido. Conheço bem esse desejo, pois convivo com ele há anos! Nessa minha caminhada, tentei, praticamente, de tudo, desde procurar editoras, jornalistas, artistas, executivos e empresas até fazer uso da Internet, através de concursos literários, sites de autores, sites próprios e coisas do gênero. Tal como acontece com a grande maioria, de nada valeu! Ou seja, não consegui nada! Mas, pensando bem, seria falta de inteligência da minha parte, descartar toda a experiência aprendida durante essas árduas e mal-sucedidas tentativas. Então, devo me corrigir e apenas dizer: "Na verdade, não consegui divulgar meu livro como eu esperava!". Contudo, conquistei alguns (pouquíssimos) leitores, mas aprendi muita coisa importante! Aprendi que o caminho que eu (e a grande maioria) acreditava ser a solução, é uma trilha desgastada, com pouca ou praticamente nenhuma chance de levar a algum lugar. Esta experiência, adquirida ao longo destes anos, levou-me a concluir que: concursos literários, sites de autores, envio de e-mails com trabalhos para todo mundo que se conhece, são equivalentes a dar tiros no escuro, pois estamos competindo com milhares (e talvez dezenas de milhares) de pessoas, que se encontram nas mesmas condições que a nossa. Está certo que você pensará então “Que vença o melhor! (desde que seja eu, é claro!)”. Mas, nenhuma seleção é perfeita! Lembre-se de que, “do outro lado da linha”, há pessoas com suas preferências (nem sempre iguais as suas!). Há, porém, uma alternativa que, em primeira análise, seria ótima. “Por que não enviar meu trabalho para todos os endereços de e-mail que puder ter acesso?” Essa é uma questão que passa pela cabeça de muitos. Há até quem acredite que, como por encanto, o trabalho enviado poderá cair na caixa postal de um editor, empresário ou, quem sabe, uma entidade esotérica, com poderes para viabilizar a publicação do trabalho. Agora, imagine, prezado leitor, se todo esse pessoal (os milhares ou dezenas de milhares de autores e autoras) resolver enviar seus trabalhos para a sua caixa postal. Todos certos de que estão enviando a maior obra do mundo. Seria uma loucura, hein? O grande problema nesse “método” é achar que um trabalho nosso, por mais bem elaborado que seja, irá tocar fundo nossos destinatários. Esse pensamento é tão etéreo e intangível como acreditar que todos os problemas da humanidade são resolvíveis da noite para o dia. Precisamos ver a situação, com os olhos de quem recebe nossos trabalhos. Será que eles (ou elas) querem ler nosso trabalho? Estariam interessados em recebê-los? Teria você dado chance a eles de expressar sua vontade em ler seus trabalhos? Se você não pensar assim, posso lhe assegurar que seus e-mails, em pouco tempo, serão classificados como SPAM e terão um destino bem conhecido: a lixeira! É preciso ter sensibilidade tanto para escrever como para saber a quem enviar um trabalho seu, sem se tornar inconveniente, ou excessivamente confiante de que todo mundo se sentirá profundamente agradecido por receber um trabalho seu. Aqui é muito importante termos humildade para reconhecer nossas limitações tanto quanto capacidade para saber quais são nossas potencialidades. Sites de autores é outro caso a se pensar, pois funcionam como galerias, onde, em sua maciça maioria, somente os artistas participam. Imagine-se um pintor ou uma pintora expondo um quadro seu, em meio aos quadros de centenas de outros pintores, em um lugar onde somente pintores freqüentam. Para não exagerarmos, aceitemos que alguns poucos admiradores visitarão o lugar. Depois de expor esse meu ponto de vista, tenho certeza de que você acabará concordando que, para que seus trabalhos se tornem conhecidos, você precisará de leitores. Isso mesmo! Leitores são os verdadeiros consumidores dos trabalhos que você produz. Para isso, é necessário um lugar onde existam, tanto autores (para produzir trabalhos) como leitores (para consumí-los). Essa foi a grande lição que aprendi e que me motivou a criar o portal Autores & Leitores, um lugar onde há produtores e consumidores. Resta-nos apenas contribuir para que a coisa funcione adequadamente, convidando os leitores, que nós conhecemos, para ler, apreciar e comentar os trabalhos que aqui são expostos (por exemplo, essa crônica elucidativa). Tenho a mais absoluta certeza que, ao equilibrarmos a participação de autores e leitores, teremos nossos trabalhos lidos e divulgados, abrindo espaço para podermos publicar e divulgar nossos livros.
Copyright Silvino © 2006
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 950 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para Silvino.

Comentários dos leitores

Cruzo mentalmente meus dedos em boa sorte e ultimamente venho distribuindo papeizinhos (escrevo na hora!) em sala de espera, mercado, farmácia, praça de alimentação, barca, ônibus etc. - Improviso assunto e escrevo: clique AUTORES & LEITORES.

Postado por lucia maria em 15-11-2012

É como se derrepente você tivesse o poder de ler meus pensamentos e falar por mim, pensei que eu era unica nessa jornada e me descobri entre tantos. Isso só vem firmar que este é o meu lugar!

Postado por lia em 27-05-2009

Silvino, gostei do seu recado. Gostaria de participar do portal. Mande-me o preço e a forma de pagamento, para eu analisar. Abraço. Anna Célia

Postado por Annacelia em 04-03-2009

caro silvino, adorei sua crônica , ela nos faz refletir bastante sobre valores e sobre o trabalho em equipe. Afinal, autores e leitores se completam. parabéns

Postado por Elisa em 15-06-2007

Companheiro o mundo hoje é habitado por 90% dedesequilibrados e credito que você ao narrar este fato esta entre os 10% pense nisso.

Postado por leal em 08-05-2007

O texto é realmente tocante. A realidade pode ser dura e cruel em muitos casos, mas é sempre melhor abrirmos os olhos para ela, especialmente da forma tão clara com que você mostra aqui. Meus parabéns!

Postado por Vitor em 06-04-2007

Será que um vendedor de roupas entrega seu produto em nossas portas gratuitamente?... Precisamos saber como avaliar o nosso trabalho, tornando-o conhecido para podermos vender. AeL conhece o caminho.

Postado por Marcelo Torca em 07-01-2007

Que bom que existe pessoas como você, conhece a realidade do escritor, seu texto é exelente, parabéns. Eda Silva

Postado por eda silva em 06-12-2006

Cansei de bater de porta em porta mostrando minhas "pérolas" e nada. Hoje, publicar ficou em 2o. plano. Escrever me faz bem. É emocionante ler um texto meu no ar. Grato a criação deste espaço, estou a disposição para colaborar no que for.

Postado por messiano em 27-10-2006

Gostei muito muito do teu texto. É tocante e sincero. Poderia muito bem ser o rosto do portal.

Postado por Niafna em 20-10-2006

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.