Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio KD Inovações Tecnológicas

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de Silvino >


O desfile



					    
Faltavam poucos dias para a abertura do desfile e a comissão organizadora estava em polvorosa. O tempo era curto e havia ainda uma série de preparativos a serem providenciados. Todos os membros estavam muito agitados e falavam sem parar. - SILÊNCIO! - berrou o presidente da comissão - Precisamos repassar todos as etapas do desfile para evitarmos surpresas, principalmente surpresas desagradáveis como aquelas que tivemos no ano passado. - É verdade, senhor! - Coronus, o Secretário da Circulação, concordou prontamente - Se não fosse a rápida ação do Batalhão de Combate a Invasões, nós teríamos acabado em maus lençóis. Quem sabe, poderia até ter ocorrido uma Parada Geral do Organismo! Eu tremo só em pensar nisso! - Deus me livre! Vire essa boca pra lá! - respondeu o Secretário do Bem-Estar Endorfo, ao mesmo tempo em que dava três sonoras batidas na mesa - O caso foi complicado mas nem tanto! Tudo se restabeleceu em pouco tempo e olha que nós nem precisamos de ajuda externa! Se tivesse sido realmente grave, teríamos pedido o apoio das Forças Especiais. - O caso foi sim muito grave e o pior disso tudo, - contra-argumentou Coronus, suando ao relembrar o problema acontecido - é que nós pedimos ajuda externa e ela não estava disponível! Nossa sorte é que o Organismo é novo, bastante forte e reagiu muito bem ao problema. - SILÊNCIO! - gritou novamente o presidente - Vamos trabalhar! Mostrem-me logo a ordem do desfile! - A abertura ficará por conta do Bloco dos Brancos. - o Secretário da Circulação iniciou sua apresentação - Com isso, eles ficarão livres para nos apoiar durante todo o resto do desfile. Se algo estranho acontecer, eles estarão prontos para entrar com o apoio necessário. - Muito bem pensado! - interrompeu o presidente - Mas, continue por favor. - Depois disso teremos um pequeno intervalo e, logo em seguida, virá o desfile dos Gordurosos. - continuou Coronus, ao mesmo tempo em que olhava com ar de preocupação para os demais membros da comissão - Eu fiz de tudo para impedí-los de participar, mas eles ameaçaram fazer um piquete em uma das vias secundárias. Se isso acontecesse, teríamos o comprometimento de toda a circulação periférica. A solução foi aceitá-los, mas com a condição de que somente os AGA desfilarão e que não haverá aglomeração dos ELE e nem dos TRI. Achei que assim, eu estaria atendendo a uma velha reivindicação deles e não colocaria em risco a passagem dos demais. - Muito bom! - disse o presidente - E depois?. - Em seguida teremos uma rápida apresentação do pessoal do Bloco dos Enzimáticos, que além de desfilar, também ajudará a fazer uma limpeza geral em toda a via de passagem do desfile. No final virá o Bloco dos Vermelhos, que dará mais oxigênio para a platéia, restabelecendo as energias de todos. - Cabe ainda ressaltar que todos os lances do desfile serão divulgados em tempo real para todos os componentes do Organismo. Dessa forma, tanto aqueles que estarão trabalhando como aqueles que simplesmente não poderão comparecer ao local poderão ver e, de certa forma, também participar do clima do desfile. Essa medida manterá um bom equilíbrio do Organismo e não comprometerá seu funcionamento como um todo. - Excelente! - exclamou o presidente - Mas, quais são as medidas de emergência para evitarmos acontecimentos como aqueles da última vez? - Pensamos em tudo, chefinho! - respondeu Neuro, responsável pelas comunicações e iluminação do Desfile - Desde o último carnaval, nós estamos nos preparando para essa festa. Reforçamos o Sistema de Bombeamento, eliminamos o excesso de gordurosos em circulação, aumentamos o número dos Vermelhos e dos Brancos. Somente um problema me preocupa. - Qual? - perguntou curioso o presidente. - Não conseguiremos limitar o nível alcoólico. Essa foi uma das causas do problema anterior. - É verdade! - relembrou Coronus - Quando o nível alcoólico ficou acima do limite, houve uma invasão de gordurosos e de outros elementos que não conseguimos sequer identificar. Neste momento, alguns bactéricos se aproveitaram da situação e todo o sistema veio abaixo. Deu um trabalho medonho para restabelecer tudo. Pedimos socorro, mas só pudemos contar com uma pequena ajuda externa de um pelotão de Glicólicos. Por muito pouco não perdemos o Organismo. - Espera aí, pessoal! - gritou Hepatos - Eu posso dar um jeito no nível alcoólico. Dessa vez, eu estarei preparado. - Da outra vez, você disse a mesma coisa - rebateu Coronus - e na hora “deu xabú”! - Não foi bem assim! Eu não contava com a falta de preparação do Organismo e não pude fazer nenhuma reserva. Mas, fiquem tranquilos, pois este ano estou preparado e, além do mais, já faz um bom tempo que estamos mantendo o nível alcoólico no nível mínimo. - É verdade! Mas mesmo assim é bom ficar atento. - respondeu o presidente. - ‘xá comigo! - falou Hepatos, que adorava roubar a cena. - Veja lá se não vai nos deixar na mão novamente! - responderam em coro todos os membros da comissão. - Deixem comigo que dessa vez eu garanto! - falou ele, mudando sua postura. Finalmente chegou o grande dia. Brancos, Vermelhos, Gordurosos e Enzimáticos estavam todos animadíssimos e mal podiam esperar a hora do desfile. Todos repassavam suas músicas e passos de desfile, a alegria reinava entre todos os blocos, quando subitamente chegou um alarme geral: - INVASÃO! INVASÃO! - anunciou Neuro pelo sistema de auto-falantes - Estamos sendo invadidos! Assumam suas posições e preparem-se para receber o apoio das Forças Especiais que já estão a caminho. -Ahhhhhhhh! Que pena! - pensaram todos. Foi um desânimo geral, imediatamente seguido de uma tremenda correria. Os Gordurosos não sabiam onde se esconder, enquanto os invasores atacavam impiedosamente quem quer que se colocasse em seu caminho. Enzimáticos e Vermelhos eram suas vítimas prediletas. Somente os bravos Brancos, que formavam o Batalhão de Combate a Invasões, enfrentavam o inimigo com toda a sua valentia. Era uma luta inglória, os invasores se aproveitaram do fator surpresa e pegaram quase todos desprevenidos. A briga seria facilmente vencida pelos invasores, até que as Forças Especiais mostraram todo o seu valor. Depois das primeiras levas, o combate começou a pender para o lado do Organismo. Mas a guerra ainda não havia terminado. Muitas batalhas ainda seriam travadas, mas no final o Organismo sairia vencedor. Contudo, todos os preparativos estavam perdidos. Aquele ano não teria Carnaval. * * * * * * * * * - Puxa vida! - exclamou Aninha - Você tinha que ficar doente logo agora no primeiro dia de Carnaval? - Sinto muito, meu amor! - respondeu Paulinho melancólico, enquanto tomava mais uma dose de antibiótico - Eu juro que fiz de tudo para passar o Carnaval numa boa ao seu lado. Principalmente, depois daquele coma alcoólico acompanhado de infecção intestinal e quase seguido de uma parada cardíaca, por excesso de comida gordurosa. Posso lhe garantir que eu realmente aprendi a lição. Durante todo este ano que passou, eu me preparei para o Carnaval: malhei, parei de fumar, fiz uma dieta rigorosa e até fiquei longe das bebidas alcoólicas. Mas, eu só não contava em pegar aquela chuva danada e acabar com uma pneumonia, logo agora.
Copyright Silvino © 2006
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 1117 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para Silvino.

Comentários dos leitores

Tudo errado! "Era uma vez um príncipe que chegou atrasado para o vestibular de Medicina ou errou a porta ou ele mesmo trocou os papéis da prova e, quando percebeu, estava na esola de Engenharia..................."

Postado por lucia maria em 16-11-2012

Este tambem e bacana, mas e muito sério...eu gosto mais de contos de fadas,eu viajo e sonho com elas...mas seu texto e maravilhoso e bem articulado...muito bom...Parabens amigo...

Postado por nadirvilela em 20-03-2007

Muito bom, Silvino! Gostei dos nomes do personagens.Anna Célia

Postado por Annacelia em 16-11-2006

Muito criativo. Se bem montadinho em desenho animado, daria uma excelente propaganda para a próxima campanha de vacinação contra a gripe. A organização das alas, a briga e o Organismo vencendo.

Postado por Liwa em 10-11-2006

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.