Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


AVENTURAS COM E SEM O CINTRÖEN



					    
Não certeza se RICK BLAINE passeou com ILSA LUND ao redor da Torre Eiffel, em Paris... Se há tal cena ou ELA idealizou no filme, sem conferir, era jovenzinha, 18 anos recém completados, e namorou o filho porque o pai possuía um citröen de quase museu, aquele de “cara” achatada como um bulldog. Alguns passeios no carro antigão, todo mundo olhando... O relógio do tempo não pára. Sete anos depois (o narrador aqui não está misturando a geografia), matriculada no curso noturno de língua japonesa, choveu e um companheiro de classe ofereceu carona. Um citröen... igualzinho. Paixão súbita... pelo carro. Pior (ou melhor?) é que o rapaz já correra o mundo e o assunto principal foi... Paris. Desta vez o carro era do padrasto que o criara desde pequeno, guri já registrado, não existe ‘trocar de nome’, o carro foi ‘batizado’ como um filho, Ricardo... e Ricardo ficou. Passou um pequeno grupo a usufruir do carro depois das duas aulas semanais e corriam bairros, um carona daqui, outro dali... Traçaram um roteiro, o penúltimo ficava no alojamento da Cidade Universitária (nissei, futuro engenheiro) e por último minha AMIGA. Certa noite, Ricardo “tossiu” muito, barulhão esquisito, parou na estrada. Ora, minha AMIGA nunca foi amiga de volante - o amigo dela saiu do carro, foi mexer no motor e gritava ordens para ELA, “vire para direita... Ricardo... pare... Ricardo... acelere... “ - ELA resmungava monossílabos. Diálogo idiota, como se ELA falasse grego e ELE aramaico, entendimento nenhum! Ia passando uma patrulhinha, quase meia-noite, guarda se aproximou. Explicaram, guarda sorriu, esclareceu que de longe pareceu a ele “briga de marido e mulher, onde ninguém mete a colher”, e imaginou ser por causa de um Ricardão... Somente veio olhar de perto um carro da sua paixão... Despediu-se, mas ajudou enviando um reboque. Num tempo curto, noite de sexta-feira, entre a saída do escritório e a aula de japonês, como de hábito os companheiros de trabalho e ELA foram para o rápido drinque num botequim pé-sujo. Pediram água mineral com uma dose de uísque e ELA escolheu a mistura com guaraná, riram, “...bebida de mulherzinha...” - “E EU sou o quê?” Garçom íntimo dos rapazes não trouxe o guaraná e a moça bebeu contrariada. Em consequência se sentiu muito mal, sem querer se queixar. Por acaso passava outro rapaz do escritório, ELA pediu socorro no ouvido, fez uma falsa reboladinha, despediu-se e este a levou até a portaria do prédio. Acontece que naquela noite Ricardo ficara em casa. Como fazer? Não podiam colocá-la num ônibus, sozinha. Acenaram para vários táxis, nenhum parava... Nada a ver com eles. Na calçada contrária, alguém percebeu que pareciam aflitos - perguntou, explicaram, homem sorriu, não tinha compromisso em casa, morava sozinho, solteiro convicto (certeza?!), sem mulher consultando relógio a cada sete, cinco, três minutos, ofereceu para levá-los nos respectivos endereços, mostrou a chave do carro... um Citröen antigão... Depois, na tagarelice, descobriu afinidades de futebol, convidou- os para um torneio de amadores, virou amigo de todo mundo e... bem depois... cunhado exatamente do ‘motorista’ do Ricardo. Acontece! F I M
Copyright ATHINGANOI © 2013
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 286 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

CITROEN, um "n" a mais? Compre óculos. Filme antigo, famoso, eterno, casal passeou em Paris, carro chique da época, museu hoje, bonito e chamativo. Adorei as estorietas. Parabéns!

Postado por lucia maria em 20-11-2013

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.