Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


GREVE (familiar) DE SEXO



					    
Ah, a Paris do Café de Flore......... mas há muitos anos sem COLETTE, SARTRE-SIMONE e SAGAN – aí, minha mulher lê, relê, trelê sempre os mesmos livros herdados. ELA tem um quê de Dominique em “Um certo sorriso”! Comuniquei ser o palco rotineiro dos protestos, na atualidade com milhões de participantes... Quer ser mais uma. Linhas de ônibus sofrem alterações a partir de tal hora. Em 2013, 3.411 protestos, segundo números oficiais. Deve ter começado em 1789 com a Revolução Francesa. As pessoas protestam – carteiros por melhores condições de trabalho, militantes contra o sexismo e os preconceitos, outros contra armamento ou desarmamento nuclear, muitos contra regimes autoritários, os preocupados com possível fim do seguro-desemprego, pedindo legalização da droga no país ou ao inverso... Há muito espaço público para mobilização coletiva e passeatas. Após 1880, liberdades democráticas de reunião, imprensa e expressão; desde 1935, fazer o pedido oficial às autoridades num prazo de 3 a 15 dias anteriores à data da passeata (raras recusas, justificadas pelo receio de se conflitarem manifestantes pró e contra a questão ou a polícia indicará roteiros diferentes), mas só nos 1980 estrangeiros foram autorizados em associações – argelinos, curdos, turcos... também os ‘nossos’ brasileiros. Paris, fruto de um longo aprendizado... inclusive a polícia se profissionalizou bastante sobre passeatas. Redes sociais ajudam a chamar todo mundo. Até escolares saem à rua, no mínimo para olhar e aprender ou manifestar junto, ainda que não entendendo ‘muito bem’. “O francês é um animal político por excelência. Isso é uma forma de democracia fantástica.” - SEBASTIÃO SALGADO (autoexilado como um jovem economista, morador em Paris desde1969 – hoje fotógrafo mundial). Minha mulher lendo literatura grega – quer ser a líder de uma passeata sobre greve de sexo, pode? FONTE: “A capital dos protestos” – Jornal O GLOBO, Rio, 6/7/14. NOTA DO AUTOR (pesquisem mais, leitores): LISÍSTRATA – Comédia de ARISTÓFANES, apresentada em 411 a. C., últimos anos da Guerra do Peloponeso – ingênuo, mas veemente apelo a paz. F i M
Copyright ATHINGANOI © 2015
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 102 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Greve de sexo tem todo o meu apoio - marido resmungão, implicante, velho antes da hora, xinga de alienada a mulher cultíssima-amorosíssima, reclama da bagunça (2/3 ele faz) etc. etc. etc. Parabéns!

Postado por lucia maria em 05-07-2015

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.