Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


DESENHO ANTIGÃO



					    
Polêmica em torno de um desenho em piso de colégio criado em 1940 sob princípios cristãos no Rio de Janeiro. “Quem colocou ‘aquilo’ ali?” Fantasia: nada de ‘possível’ símbolo do brasão antigo dono (quem?) do casarão centenário... construído como vários outros prédios na antiga capital federal nas décadas de 1910 e 1920, tempo da Belle Époque, muito antes da II GM, e na moda todos se imitam. Não especificamente símbolo do nazismo, adotado de fonte muito antiga, presente desde o Período Neolítico e com referências milenares nas culturas celta, hindu, grega, chinesa, japonesa e asteca. Vi no altar de um templo xintoísta na rua São Joaquim, bairro da Liberdade na capital paulista, e o sacerdote jovem me explicou a representação gráfica do... sol: “emblema do fogo divino - condição cósmica de eterno movimento”, disse ele – e depois eu soube de templos budistas com o mesmo tipo de decoração. Movimento de rotação em torno de um eixo imóvel. Portanto, amuleto antigo e universal, entre povos distantes na geografia e na amizade. Inconsciente coletivo, segundo CARL JUNG? Virtualidades comuns a todos os seres humanos. Pode ser. É certo que herr “H” (nem ouso dizer o nome) plagiou o desenho antigão e o colocou em sua bandeira, sob o disfarce apenas de inverter a posição dos braços da ‘cruz’, de um lado para o outro. Apropriação indébita sem indicar a fonte – artigo 168 do Código Penal Brasileiro. Sim, talvez na concepção dele, o antigo símbolo hindu, critério de castas, remetesse também à pureza ariana que estupidamente reivindicava. Faltou na época a Professora Internet... Essa cruz gamada é até certo ponto traduzida como uma combinação de 4 letras gama, a terceira do alfabeto grego (em adaptação transcrita do fenício), após alfa e beta. NOTA DO AUTOR: PERÍODO NEOLÍTICO NA PRÉ-HISTÓRIA – Surgimento da pedra polida usada em machados e outros objetos, bem posteriormente vindo a criação de cerâmica enfeitada com desenhos. FONTE: Coluna do ANCELMO GOES – Jornal O GLOBO, Rio, 27/2 e 6/3/16. F I M
Copyright ATHINGANOI © 2016
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 129 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Também visitei o templo da rua São Joaquim. Desenhos e mitos são milenares desde aquela dupla, com a maçã, que depois virou símbolo de suprema tecnologia. `Parabéns!

Postado por lucia maria em 09-04-2016

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.