Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio ebook Vigilante

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


MISCELÂNIA: TUDO JUNTO E MISTURADO-PARTE II



					    
ARCÁDIA - Unidade regional da Grécia, na região montanhosa do Peloponeso.  Mênalo, um dos montes, era celebrado pelos poetas por ser consagrado a Apolo, deus da inspiração e condutor das musas.  Fictício país literário  da tranquila vida pastoril. Moderna estância de esqui. BISTECA -  DE ONDE VÊM AS PALAVRAS?  -   Comida gostosura!  Palavra veio para nós do italiano ‘bistecca’.  Em inglês, ‘beef’ significa boi, vaca ou touro criado para servir de alimento;  a palavra inglesa proveio do francês ‘boeuf’, boi, carne bovina, que por vez veio do latim ‘bove’, boi, vaca.  Em português, ‘roast (assado) beef’ virou rosbife, e ‘beef steak’ (fatia de carne bovina frita ou grelhada) originou bifesteque, em desuso;  em italiano, ‘bistecca’. CANGURU - O capitão inglês JAMES COOK achou a Austrália em 1770 e perguntou o nome daquele estranho animal de bolsa na barriga e boa velocidade.  Resposta na língua dos nativos:  “kangoroo!” - registro no diário de bordo do capitão e do companheiro de viagem, o botânico JOSEPH BANKS.  Significado da palavra:   ou os aborígenes usaram uma expressão de ‘não-estou-entendendo- nada’ ou era o nome que davam ao bicho (segunda hipótese é contestada pelos relatos provenientes as primeira colônia penal australiana, estabelecida em Port Jackson (hoje Sidnei), em 1788 - o animal era chamado de ‘patagorong’ ou ‘patagaran’. CAPIVARA - Um dos maiores roedores do mundo, vive em bandos, hábitos noturnos, alimento folhas-gramas-talos e algas que crescem dentro d’água.  Vida até 12 anos, chegando a 1,3m de comprimento, 50cm de altura, peso até 60kg. FRASE - “Nestes tempos bicudos, só o bom humor, a ótima comida e uma excelente companhia nos salvam.” - ANA CRISTINA REIS. FUTEBOL - Primeiros registros na China, há 5 mil anos.  Chegou ao Brasil no início do século XIX, tempo de D. João VI, trazido por marinheiros ingleses que organizavam times nas praias durante seu momentos de folga.  Crescente popularização do esporte na década de 1920, profissionalização em 1933.  Para o escritor alagoano GRACILIANO RAMOS (1892/1953), terrível crítica numa crônica em 1921, futebol seria “fogo de palha”, moda passageira importada, sem futuro.  Previsão torta, boa rasteira! GALO DE BARCELOS, um símbolo de Portugal - Lenda:  Há 600 ou 700 anos passados, um peregrino, indo para Santiago de Compostela, Espanha, indo cumprir uma promessa, e parou na cidade de Barcelos, Norte de Portugal, para descansar.  Acusado de um crime que não cometeu, foi condenado à forca, porém pediu para ser levado à frente do juiz que dera a sentença, e que no momento almoçava um frango assado.  Disse em voz alta que era inocente e o galo haveria de cantar para provar o que ele dizia!  Corda no pescoço... galo assado bateu as asas... e cantou!  Juiz assombradão.........  “Soltem o homem!” HERA -  Tradicionalmente, escondia duendes sob a sua folhagem protegia as casas dos espíritos malignos e era tida como símbolo da fidelidade - usada em guirlandas - planta trepadeira e rasteira, comum em muros e grades.  No mito grego, deusa do lar e das esposas, representada segurando uma romã, símbolo de fetilidade-sangue-morte. HQ - “Bichinhos de jardim”, de CLARA GOMES - Joaninha filosofando sozinha ante o computador:  “Dizem que na Internet nós criamos vínculos sociais fortes.. mas quem explica eu estar envolvida com a mesma pessoa há sei anos... batendo boca todo dia por um assunto irrelevante? ----- Zangão, sozinho, poltrona ante à tevê:  “Séries de advogado usam uns termos complicados.”  Na telinha:  “Protesto!”  “Indeferido!”  Ele:  “Já me sinto preparado para a OAB.” ----- Repartição Piolho.  Piolho verde, sozinho, ante o computador:  “Servir até à morte! Dizem que no serviço público não tem emoção...  claro que tem!  Por exemplo... a gente nunca sabe quando vai sair o salário!” ----- Joaninha:  “Acho que descobri o degredo da ida.”  Minhoquinha verde:  “E qual é:”  Joaninha, indignada:  “Tá me achando com cara de fofoqueira?” IGREJA DE N. S. DA PENHA - Famosa por seus 365 (ou 382?) degraus por cima de uma pedra no bairro carioca da Penha (no sentido de penhasco, rocha, rochedo), zona norte, entidade celebrada em outubro... mas existe uma desconhecida homônima no ponto mais alto de Cosmos, zona oeste, de onde se tem uma vista panorâmica, abandonada há vários tempos, basicamente em ruínas:  capela  pertence à paróquia de Santa Sofia, fiéis patrocinando as reformas gradativas de revitalização do templo, desde 2015 - missas semanais retomadas em 2016.  O lugar faz parte de um período histórico da região pela constante presença da Família Imperial na Fazenda Real de Santa Cruz.  Há lendas, mitos e mistérios, como a estória de dois trabalhadores rurais, descendentes de escravos, que teriam achado a imagem ao pé de um coqueiro no alto deste morro, levada para casa a 300 metros de distância, e inexplicavelmente ela sumiu e reapareceu junto à mesma árvore (mitos se repetem!);  o dono das terras levou-a para outra igreja e o fato se repetiu, improvisada uma capelinha, igreja depois construída na estrada de Paciência.  Consta ainda que um padre foi assassinado no local e a igrejinha incendiada.  Na década de 1970, imagem roubada...---- Em versão bem antiga, a capela pertencia à antiga Fazenda da Mata de Paciência, que entre os séculos XVII e XIX ocupava imensas terras (na atualidade, bairros de Paciência, Inhoaíba, Manguariba e parte de Guaratiba) - esta capela teria sido, na verdade, uma igreja dedicada à N. S da Pena (no sentido de objeto de escrita ou desenho, e não Penha), protetora das artes?  Na fachada, o símbolo da flor de lis /galicismo que significa lírio ou íris/, que era o desenho do brasão da família Brás Carneiro Leão (rico - possuía muitos canaviais e 8 navios), então proprietária daquelas terras. IMPERIAL IRMANDADE DE OUTEIRO DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA (o famoso OUTEIRO DA GLÓRIA) -  No estilo barroco, feita de pedra e arquitetura octogonal, uma das mais antigas igrejas do Rio:  construção entre 1714 e 1739, a predileta da Família Imperial, especialmente D. João VI.  No bom tempo, recebia muitas doações.  Agora, crise econômica, para conserto do telhado do prédio anexo, leilão das jóias doadas ao longo de décadas por fiéis - 167 peças, de anel de ouro com brilhante e um para de brincos quebrados...  Muitas jóias entre os séculos XIX e XXI, inversão sem invenção.  (O GLOBO, 8/9/17) INSETOS - Repelente de alfazema afugenta insetos, ácaros-fungos-bactérias- vírus /que em maioria precisam de umidade aquosa para sobreviver/ e até escorpião. Sequem os ambientes: nada de esponjas “inchadas” ou panos molhados na casa. JEANS - 20 de maio, Dia Mundial do Jeans, data em que, em 1873, LEVI STRAUSS e o alfaiate JACOB DAVIS conseguiram a patente para o uso de rebites em calça masculina.  Nos anos 50, maior divulgação através de Marylin Monroe, Marlon Brando e James, rebeldes com ou sem causa.  Eleita pela revista “TIME” como a peça de roupa mais icônica do século XX. MAU OLHADO - Olho-grande, olho-gordo, olho-seca-telha ou seca-pimenteira... inveja e despeito por preguiça ou falta de capacidade, tipo “ele/ela tem (ou é), eu não tenho (ou não sou)”.  O que é chamativo, atrai cobiça dos inferiores.  Amuletos:  figa ou olho-turco em cima!!!  ---  SIMPATIAS:  1-Para amor, emprego, saúde...  - Uma figa e gotas de qualquer perfume sobre um prato de papelão, cubra com plástico, faça furos com um palito, deixe a madrugada toda recebendo bons fluidos da lua em qualquer fase; ao amanhecer, prato no lixo e figa enterrada num vaso com flores. / 2-Para rever alguém distante  -  Em noite de lua cheia, acenda uma vela atrás da porta principal da casa para o anjo da guarda do “sumidinho” e diga em voz alta com a porta aberta:  “Fulano, estou te chamando.  Muita saudade!”  Só feche a porta quando a vela acabar.  (Ou mande um e-mail.) MICO-LEÃO-DOURADO - A juba em volta do rosto o faz parecer um leãozinho.  Vive na Mata Atlântica em bando de 8 micos, pesa entre 360 e 700g, alimento frutas-insetos-ovinhos.  Vida até 15 anos, filhotinho pesa só 60g. MUSEU DA ESCRAVIDÃO - Ideia de transformar o galpão da ONG Ação da Cidadania, zona portuária carioca, num espaço esclarecedor sobre a (triste e vergonhosa) memória e reflexão do tema da escravidão brasileira - galpão, projeto de André Rebouças, engenheiro abolicionista, a poucos metros do Cais do Valongo, este considerado o maior porto de desembarque de escravos das Américas - entretanto, o porto não aparece numa pintura de 1818, de THOMAS ENDER, da Missão Austríaca de 1817 que acompanhou dona LEOPOLDINA ao Brasil.   Também nas proximidades, há vestígios do Cemitério dos Pretos Novos (já chegavam doentes pela longa travessia)  e armazéns de comércio de escravos. NIHIL SUB SOLE NOVI - “Nada é novo sob o sol” - Ecclesiastes, terceiro livro da Bíblia hebraica, sem autor definido:  Salomão? PAI NOSSO AO INVERSO - Uma das mais eficazes orações, considerada como “oração forte” por feiticeiros e curandeiros, recitada de trás para a frente capaz de satisfazer inúmeros intentos, tais como amansar inimigos ou afastá-los, castigar malfeitores íntimos etc.  Para melhor resultado, reze pelas costas do indesejável presente:  “Amém - sempre para glória a  (.........) céus nos estás que nosso Pai” PALMIRA - Em três mil anos, cidade perto de um oásis do deserto sírio, importante foco cultural do mundo antigo, citada inclusive na Bíblia, que abrigou as culturas aramaica, greco-romana e árabe.   Depois do domínio romano, do século I a. C. e mais quatro séculos,  virou rota que levava mercadorias  de luxo e exuberância do Oriente  à Europa.  Remoção dos moradores desde 1932 para estudos arqueológicos.    Em absoluto, estátuas com figuras humanas ou de animais não são condenadas idolatrias:  já destruídas por vandalismo recente 16 colunas do século III e também o teatro romano do século I - espera-se que as eternas guerras não a destruam totalmente. PARAÍSO MONOGÂMICO  -  Eva:  “Você me trai, marido?”  -  Adão:   “E eu tenho escolha?” PATCHOULI - Nos anos 60, os hippies - talvez pelas origens orientais -, o diziam perfume afrodisíaco e no mínimo antidepressivo;  segundo os hare krishna, base em escrituras védicas de época imemorial, atrai dinheiro;  passar o óleo na carteira e colocá-lo seco na máquina registradora.  Um balbuciante mantrazinho como reforço... PINTOR-VERDADEIRO - Uma das aves mais belas do mundo, vive apenas no Brasil (Pernambuco e Alagoas), alimento frutinhas e insetos.  A cada ninhada, nascem de 2 a 3 filhotinhos.  Risco de extinção por causa da venda ilegal de aves silvestres. RACISMO - Eternidade?!  Vexame do garçom!  Restaurante carioca, inverno/2017. Mesa com 4 amigos, alguns drinques, garçom alertou o ‘dono’ da mesa (chegara antes dos outros como organizador do mini evento) de que “a conta estava ficando alta” e ofereceu pagamentos parciais...  O engenheiro eletricista, bastante ofendido, porém diplomático,  apenas respondeu ao pé do ouvido que jamais, em tempo algum, repetisse isto com qualquer outra pessoa. RAPOSA - Palavra espanhola originária do espanhol antigo ‘rabosa’ por causa da grande e peluda cauda do animal.  (Em espanhol, também existe ‘zorro’, que virou até nome de valente herói da ficção norte-americana em 1919, alter- ego de um nobre aparentemete assustadiço.) RUBEM BRAGA, pioneiro de ‘selfie’ - No acervo da Casa de Rui Barbosa, o grande cronista capixaba (1913/1990), câmera de bolso com flash, com o auxílio de um espelho, fazendo um autorretrato, em 1982.  Grande precursor! SÃO JORGE - O popular SÃO JORGE viveu entre os séculos II e III, soldado romano convertido ao cristianismo.  Tudo bem!  Acontece que o dragão que ele “matou”, surgiu em imagens e pinturas nos séculos XI e XII, monstro que fazia parte das antigas lendas pagãs das culturas celta e saxônica, associado à força primordial da natureza.   A cavalaria medieval, isto é, os cruzados ingleses e franceses voltaram da Terra Santa com relíquias do santo, que os soldados consideravam um modelo de guerreiro e cristão a ser seguido, e assim SÃO JORGE foi colocado numa batalha em que vence o dragão.  O primeiro registro sobre ele no Brasil data de 1549, carta do padre jesuíta ANCHIETA ao rei, descrevendo uma procissão do Corpo de Deus, na Bahia, imagem do santo no cortejo, como ocorria em Portugal. TATU-AÇU - Vive na região dos cerrados, centro-oeste do Brasil, garras enormes o ajudam a cavar a terra, alimento frutas-insetos-minhocas-cupins.  Chega a 1m de comprimento e 60kg. TIRADENTES  -  Como alferes, o Exército Português apenas autorizaria um discreto bigode, jamais  barba e cabelos grandes na prisão, cortes periódicos de todos os presos, evitando-se proliferação de piolhos.  Careca e barba ‘feita’ para a execução, pois poderia interferir na ação da corda.  Sendo condenação por inconfidência (traição à Coroa), sinos   das igrejas não poderiam tocar na execução, mas no ato do enforcamento o sino da igreja local badalou cinco vezes.  Casa foi salgada para que mais nada ali nascesse, declarados infames todos os seus descendentes. Cabeça exposta em Vila Rica desapareceu na primeira noite.  F  I  M
Copyright ATHINGANOI © 2017
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 12 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Permita-me correção: HQ-"O segredo da vida." "Qual é?" ----- Adoro estas variedades, aprende-se... Parabéns!

Postado por lucia maria em 13-11-2017

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.