Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio ebook Vigilante

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


DESENHO ANIMADO



					    
1---O “avõ”, isto é, o inventor foi o francês EMILE REYNAUD, com seu Teatro Óptico, em 1888, as Pantomimas Luminosas como precursoras, em cartaz de 1892 a 1900.  O criador do desenho animado foi JAMES STUART KLACKTON, popularização pelo francês EMILE COHL, desenhista e caricaturista, que em 1907 desenvolveu o método de Reynaud, fotografando em movimento as diversas etapas de uma série de desenhos... outros aperfeiçoadores... até dois grandes criadores:  MAX FLEISCHER e WALTER (WALT) ELIAS DISNEY, que dominou o gênero e elevou à categoria de grande espetáculo - dele os longas metragens:  “Bambi”, “Branca de Neve e os Sete Anões”, “Pinóquio”e outros.  Cerca de 25.000 desenhos para um curta, pois cada movimento executado por um personagem requer desenhos intermediários, para ação contínua, sem ‘saltos’.  Desenhos executados a guache branco, preto e cinza ou em cores, primeiro em papel, depois copiados a traço em celulóide e pintados no avesso da folha;  no geral, desenhos separados:  fundo (decoração ou cenários fixos), partes móveis dos cenários, personagens e partes móveis destes - filmagem folha por folha.  Complicado...  2---BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES - Estúdios Walt Disney.  Maturidade do desenho animado, primeiro desenho de longa metragem.  Sucessivos reorçamentos, custo de US$1,5 milhão ao longo de três anos - quase 1.200 profissionais trabalhando na criação de 250.000 desenhos, filme depois em apenas 83 minutos, estréia em 17 de julho de 1937, incluindo na platéia cheia de celebridades CHARLES CHAPLIN e MARLENE DIETRICH - em três meses de exibição, 20 milhões de espectadores.  Grito de liberdade do longa após muitas filmagens de curta duração, agora com movimentos e expressões humanas com precisão.  Oito Oscars.  Relançamentos ao longo de seis décadas. ----- O desenho reconta uma lenda medieval européia, transformada em conto pelos Irmãos GRIMM em 1812 - o apelo da estória é o conflito ente a menina e a mãe ou a madrasta (em psicanálise, elemento básico de amadurecimento:  quem é a mais bonita?) - ela se perde na floresta (desse conflito), de cujos riscos tenta escapar brincando de casinha com os anões (preservação da infância perdida);  o conflito permanece, ela é envenenada e só pode ser salva pelo príncipe (resgate para a maturidade). 3---COELHO PERNALONGA - De sua boca dentuça, a frase famosa:  “O que é que há, velhinho?”  O “pai” foi o desenhista TEX AVERY, coelho nascido em 27 de julho de 1940, versão aprimorada de personagem anônimo que aparecera dois anos antes, mero coadjuvante de Porky Pig, o Gaguinho, no curta “Porky’s hare Hunt”, Gaguinho caça lebres - com o tempo, virou BUGS BUNNY, no Brasil PERNALONGA.  Estreia em “A wild hare (Uma lebre selvagem), o protagonista engraçado, ar galhofeiro e a frase “What’s up, Doc?” - 150 curtas, cinco longa-metragens.  Ri a debocha dos inimigos mesmo em situações perigosas e já começa rindo, nunca por último - no primeiro desenho, o caçador Hortelino  Troca-Letra aponta uma arma para dentro da toca do herói.  Parcerias:  Hortelino, melhor parceiro, geralmente aparece como caçador, em mais de 32 desenhos;  Patolino, rabugento, querendo ser o mais esperto, 11 desenhos. ---- Ninguém ganha do Pernalonga, enferniza os rivais e até já se vestiu de mulher em 24 desenhos. ----- A partir de 1944, com outro desenhista, parou de provocar as pessoas: só apronta, se for provocado. ----- Oscar em 1958, placa de cimento na Calçada da Fama em 1985 e exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York em 1987. 4---MICKEY MOUSE - Criado em 1928, estréia em “Steamboat Willi”, primeiro desenho animado com som e música, logo virou símbolo do império de Walt Disney - traços do personagem um pouco diferentes dos atuais.  O filme “Fantasia” é considerado um clássico pelas inovações na qualidade de som e trilha sonora - música clássica dos grandes mestres, como Bach e Beethoven;  estréia em 1940, o projeto mais audacioso de Walt Disney não foi bem recebido pelos críticos, resgate do longa na década de 60 e lançado como “Fantasia 2000” em 1990. 5---OSWALDO, O COELHO SORTUDO - Criado por Disney na década de 1920, foi o primeiro personagem de animação da Universal Pictures, mas o desenhista não aceitou as condições impostas pelo diretor do estúdio, CHARLES B. MINTZ, e foi obrigado a abrir mão do personagem, depois Mintz o perdeu para Lantz, criador do Pica-Pau - a Disney recuperou os direitos em 2006. 6---PICA-PAU - Criação do desenhista (desde o cinema mudo) norte-americano WALTER LANTZ.  Estréia em 25 de novembro de 1940, primeiro filme foi “Knock Knock” /onomatopéia/, título em português “Quem bate?” - na verdade, desenho do urso Andy Panda, famoso na época e o Pica-Pau surge para perturbar. ----- Ao início, loucão, olhos rodavam, não parava quieto, mais calmo ao passar dos anos, mas continuou debochado de todos, sempre se dando bem (mesma fórmula do Pernalonga). 7---PINÓQUIO - O boneco de madeira que queria ser gente foi o segundo longa metragem dos estúdios Disney;  lançado em 1940, filme baseado no conto “As aventuras de Pinóquio, do italiano CARLO COLLODI, 1883.   The Walt Disney Family Museum traz os primeiros esboços do personagem, assim como as duas estatuetas conquistadas no Oscar:  melhor trilha sonora e melhor canção, em “When you wish upon a star”. 8---TOM E JERRY - Em 1939, a dupla JOSEPH HANNA e WILLIAM BARBERA queria fazer um desenho com aventuras de um gato e um rato, mas a empresa Metro recusou a proposta vista como sem graça, eles não desistiram da idéia e fizeram o primeiro desenho em 10 de fevereiro de 1940, dupla de personagens com grande sucesso - em 1946, surgiu o ESPETO, cinza e menorzinho, pequeno sobrinho para Jerry.  Nem sempre JERRY se sai bem e TOM dá a volta por cima;  empate sem vitorioso eterno, amigos nos desenhos mais novos. FONTE: Recortes de diversos livros didáticos e de jornais/revistas. F  I  M
Copyright ATHINGANOI © 2017
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 11 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Amo, amo, amo... até hoje. Saudades: domingo, pela mão do papai, e depois passas envolvidas no chocolate. Parabéns!

Postado por lucia maria em 03-12-2017

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.